Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Notícias da Seda.........

Pessoal, notícias do Seda!
Quando foi criada, nós postamos a matérias e estamos acompanhando o desenvolvimento dessa secretaria que surgiu para ajudar nossos amigos peludos.
Abaixo, matéria.

SEDA completa três meses com ações efetivas no controle populacional animal

A Secretaria Especial dos Direitos Animais (SEDA) completa três meses no próximo dia 25 de outubro. Desde a sua criação, a Pasta vem trabalhando em várias frentes, com o objetivo de combater os maus tratos e realizar um efetivo controle reprodutivo de animais domésticos.

Estima-se que existam mais de 500 mil animais abandonados somente em Porto Alegre, o que corresponderia a um para cada três habitantes. Outro dado que chama atenção é a quantidade de cães e gatos abandonados, principalmente às margens das rodovias, na época de verão. “Em decorrência dos dias mais longos, na primavera e no verão o cio das gatas pode ocorrer de 21 em 21 dias e dura de cinco a dez dias. Cada ninhada pode dar até quatro filhotes. No caso de cães, uma fêmea de porte grande pode gerar 10 filhotes, enquanto que a pequena pode dar em média três de uma só vez”, explica a veterinária da SEDA, Márcia Generasca.

A expectativa da primeira-dama Regina Becker, voluntária responsável pela SEDA, é de que daqui 10 ou 15 anos a Capital se torne referência no cuidado animal e que todos tenham um dono responsável, um lar e o respeito do próximo. “É um trabalho de formiguinha que, além do controle reprodutivo e do combate aos maus tratos, começa com a conscientização da sociedade sobre a vida animal”, diz Regina.

Atendimento

Entre 20 de setembro e 18 de outubro, a equipe de veterinários da SEDA castrou 72 cães e 30 gatos. Parte dos 102 animais foram recolhidos pela Secretaria após atropelamentos e maus tratos, e outros chegaram através do 156 da PMPA, e, de protetoras independentes.

Já o projeto Bicho Amigo Unidade Móvel II castrou, entre os meses de julho e outubro, 1.098 animais domésticos em bairros e vilas em processo de remanejamento e transferência, como as vilas Dique e Nazaré. O outro ônibus, Bicho Amigo Unidade Móvel I, doado pela Associação dos Transportadores de Passageiros de Porto Alegre (ATP), será utilizado num convênio entre a Prefeitura e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul para atendimento nas vilas Chocolatão, Santa Terezinha e Bernardino Silveira Amorim e nos loteamentos Arco Íris e Bela Vista. O veículo está adaptado com todo o instrumental médico-cirúrgico em atendimento às exigências legais dos Conselhos Regional (CRMV) e Federal de Medicina Veterinária (CFMV), e possui compartimentos para acomodação de cães e gatos. As ações envolvem exames laboratoriais e nutricionais, procedimentos pré e pós-operatórios e esterilização de cães, gatos e cavalos.

O 156 tem sido uma das ferramentas mais utilizadas pela população para denunciar o descaso com os animais. A equipe da Seda tem atendido grande parte das denúncias, e, na maioria dos casos os animais têm permanecido sob os cuidados dos demandantes. Em outras situações, são retirados das ruas, tratados, castrados e abrigados na Área de Medicina Veterinária da SEDA até a doação. Em três meses, 15 cães, na maioria adultos, receberam um lar.

Casos de abuso e maus tratos também podem ser denunciados pelo e-mail 156@smgl.prefpoa.com.br.



Fonte: Prefeitura de Porto Alegre