Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Na Usina do Gazômetro o povo unido pela causa animal, que tanto sofre nas mãos dos desumanos!

A Marcha da Defesa  do Animal tem início na Usina ás 13:00 e vai rumo ao Parque da Redenção!
Compareça e faça a sua parte, Basta com a crueldade com os animais, eles precisam de nós, precisam de respeito e cuidados!
Aproveitando e pedindo pra que o governador Tarso Genro crie uma Delegacia para proteger os animais, todas as cidades precisam ter uma, a Crueldade e os maus-tratos com os animais são uma vergonha pra qualquer sociedade que é considerada humana e civilizada!

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Dia 25/08/2013 em todo o País! Faça a sua parte, vamos lutar pelos animais!

Dia 25/08 é mais um dia de Luta pelos nossos peludos!
Em Porto Alegre, será as 13:00 na Redenção!
Vamos lá, juntos lutar por penas mais severas, para acabar com a Crueldade, o Abandono e os Maus-tratos sofridos pelos animais que tanto merecem nosso Zelo e Respeito!

quarta-feira, 31 de julho de 2013

Maltratar, Abandonar os animais é crime!


sexta-feira, 12 de julho de 2013

Dia 25/08/2013 Marcha pelos Animais!


Aqui em Porto Alegre será no Parque da Redenção ás 13:00!

Compareça e faça a sua Parte!

Vamos Lutar por Penas mais severas para quem maltrata, abandona, comete zoofilia com os nossos amigos peludos!

Basta com a CRUELDADE E IMPUNIDADE HUMANA (DESUMANA), OS ANIMAIS MERECEM RESPEITO E NOSSO ZELO!

TODOS JUNTOS PELA CAUSA ANIMAL NO BRASIL TODO!

E tem alguém que ainda não sabia disso???

Ela não era uma Diva só por sua Beleza exterior, mas pelo amor para com os animais!

terça-feira, 21 de maio de 2013

Não seja omisso, faça a sua parte! quem quer ajudar arruma um jeito, quem não quer, arruma uma desculpa!

Diante de tanta crueldade, hoje só quero pedir uma coisa:
Defenda os animais, não seja mais um DESUMANO, faça a sua parte!
Poderia eu falar de vários casos que aconteceram nas últimas semanas, como da monstra em Porto Alegre que bateu e mandou o próprio filho bater no pobre poodle pequeno, mas querem saber? só desejo á essa mulher o mesmo, porque pra mim, humana ela não é, é mais uma espécie de DESUMANO que vive na terra e ainda roga por felicidade!
Chocante ela ser mãe, e a criança já estar sendo ensinada a ter o instinto ruim, e o caráter de mais um desumano na terra, imagina o que pode se transformar quando crescer essa criança, aliás não precisamos nem pensar em quando ele crescer, porque está cheio de menor cometendo crimes de adultos e sendo considerado uma pobre criança indefesa!
Justiça tem que haver, essa mulher tem que pagar pela monstruosidade que cometeu com o pobre poodle, e de quebra pela péssima criação que está dando aos filhos!
As vezes é difícil acreditar num mundo melhor, mas ainda restam alguns humanos espalhados nesse mundo, então temos que continuar sim fazendo a nossa parte e fazendo a diferença na vida desses anjos que vivem a mercê de tanta crueldade  desumana!


quinta-feira, 9 de maio de 2013

HACHICO - Lealdade e amizade que pouco se vê na raça dita humana!


A Fidelidade e amizade de Hachiko - Do filme sempre ao teu lado.

Hachiko era um Akita que pertencia a um professor universitário chamado Eizaburo Ueno, que morava em um subúrbio de Tokyo perto da estação de Shibuya.

Todas as manhãs Hachiko acompanhava seu dono no percurso de casa à estação de trem, voltando no final da tarde para acompanhá-lo na volta para a casa.

No dia 21 de maio de 1925 Hachiko que tinha tinha apenas um ano e meio, estava na estação como de costume esperando seu dono chegar no trem das 16 horas. Porém, naquele dia o Professor Ueno não voltou, devido a um derrame fatal que havia sofrido na Universidade.

Após a morte do Professor seus parentes e amigos passaram a cuidar do cão, mas Hachiko continuava indo todos os dias à estação de Shibuya para esperar seu dono voltar do trabalho. Muitos anos se passaram e mesmo com dificuldades para andar em decorrência de problemas de saúde, Hachiko mantinha sua rotina diária à estação. Sua vigília durou até o dia 7 de Março de 1934, quando já com 11 anos e 4 meses foi encontrado morto no mesmo lugar onde esperou pelo seu dono por tantos anos.

A memória de Hachiko foi imortalizada em uma pequena estátua de bronze colocada na estação de Shibuya, local onde ele morreu.

Durante a 2ª Guerra Mundial, todas as estátuas foram confiscadas e derretidas, incluindo a de Hachiko. Em 1948 o filho do escultor da estátua original foi contratado para criar uma réplica dessa estátua que foi colocada no mesmo lugar da anterior e atualmente, todos que passam pela estação de Shibuya em Tokyo podem ver a imponente estátua de Hachiko eternizando uma das maiores paixões de um cão por seu dono e atestando a incrível lealdade da raça.